Universidade Aberta da África

Impressiona a vontade dos moçambicanos de estudar.

A toda hora me pedem para dar cursos, palestras. Sandra já começa a trabalhar na instalação de uma escola para crianças e em cursos para adultos.

Eles querem aprender, inclusive no jornalismo, comunicação, marketing, tv, rádio.

Quanta diferença quando lembro de tanta gente que acha que sabe tudo.

Abaixo, reportagem da Agência Brasil.

16/09/2010
Instituição de Moçambique é a primeira estrangeira a fazer parte da Universidade Aberta do Brasil

Eduardo Castro
Correspondente da EBC na África

Maputo (Moçambique) – A Universidade Pedagógica de Moçambique (UP) vai ser primeira instituição estrangeira a fazer parte da Universidade Aberta do Brasil (UAB). As aulas devem começar ainda neste segundo semestre. Segundo o reitor da UP, Rogério Utui, os alunos para a primeira turma já estão sendo selecionados.

“O convênio já está assinado e pretendemos fazer o lançamento em novembro, quando o presidente Lula [Luiz Inácio Lula da Silva] virá a Moçambique”, explicou.

Criada em 2006, a Universidade Aberta do Brasil é um sistema integrado por 81 universidades públicas, que oferece cursos de nível superior por meio da educação a distância. A prioridade é formar professores que atuam na educação básica. Atualmente, ela tem 559 polos – todos no Brasil.

“O ensino a distância ajuda a diminuir as assimetrias regionais. Temos a necessidade de garantir acesso para mais gente, no interior. E o Brasil já tem uma larga experiência nisso”, afirma o reitor Utui.

Em Moçambique, serão três polos, nas cidades de Maputo, Beira e Lichinga. Cada um vai atender 60 alunos, nas áreas de pedagogia, biologia e matemática.

Os diplomas serão moçambicanos, mas receberão a convalidação de instituições federais brasileiras. Professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UniRio), Universidade Federal Fluminense (UFF), e Universidade Federal de Goiás irão trabalhar na implantação dos cursos. Um coordenador-residente virá da Universidade Federal de Mato Grosso.

Tão logo termine a seleção dos primeiros alunos, eles serão apresentados ao método e ao programa brasileiros de ensino a distância, para começar os estudos em seguida. Ele usarão a plataforma eletrônica da UAB, com manuais, livros e exercícios baseados na autoaprendizagem. A UP também tem material didático próprio, que começou a ser desenvolvido há dois anos, para formação e reciclagem de professores das escolas secundárias.

Moçambique expandiu o número de faculdades e universidades nos últimos anos. O país tem 38 instituições de ensino superior (eram 12 há apenas 6 anos), que atendem 75 mil universitários, o que corresponde a 1,9% da população. O índice é pequeno se comparado à média africana – de 5,4%.

A Universidade Pedagógica foi criada há 25 anos, para formar professores. Implantada em todas as 11 províncias (estados) do país, tem cerca de 40 mil alunos nos cursos de linguagem, comunicação e arte, ciências sociais, educação e psicologia, educação física e desporto, ciências naturais e matemática, Escola Superior Técnica e Escola Superior de Contabilidade e Gestão.

Edição: Talita Cavalcante

About these ads

2 opiniões sobre “Universidade Aberta da África”

  1. “Quanto mais eu aprendo mais eu sei que não sei”… pena que alguns realmente acham que tudo sabe. Que maravilha de convênio e isso dará excelentes resultados para Moçambique. E que maravilha vocês estarem presenciando e fazendo parte desse acontecimento. Como sou uma apaixonada pelo magistério, se estivesse aí com certeza faria companhia à Sandra! Senti saudades dos muitos anos que fui professora… Parabéns de novo pela matéria. Aliás hoje você está trazendo ótimas notícias hein? Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s