Eduardo Castro

Numa palestra sobre radiojornalismo em Brasília. 2009

Eduardo Castro nasceu em São Paulo, Brasil, para onde voltou no final de 2011. Também viveu e trabalhou em Maputo (Moçambique), Washington DC (Estados Unidos) e Brasília DF.

Foi consultor da TV Miramar (emissora da Rede Record em Moçambique) e correspondente da EBC na África, nos dois anos em que viveu no continente (2010 e 2011). Foi para relatar essa experiência que, originariamente, nasceu o ElefanteNews.

Também trabalhou como gerente executivo de jornalismo da EBC entre 2008 e 2010, supervisionando o a produção jornalística de todos os veículos da empresa. Em 2007, fora assessor especial do Ministro Franklin Martins, na Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, atuando no grupo executivo que criou a lei que estabeleceu as regras para a comunicação pública no Brasil.

Na Bandeirantes, onde chegou em 1995, trabalhou em praticamente todas as emissoras de rádio e TV do grupo, em São Paulo, Brasília e nos Estados Unidos. Foi repórter, produtor, editor, âncora e diretor de jornalismo da sucursal de Brasília. Por dois anos foi correspondente em Washington, onde também trabalhou no serviço brasileiro da Voz da América (VOA). Foi ainda correspondente da CNN Radio en Español em Brasília.

Em 20 anos no jornalismo, participou de coberturas de destaque, como as dos atentados de 11 de setembro (2001), o massacre de Eldorado dos Carajás (1996), o sequestro à casa do embaixador japonês no Peru (1996), viagens presidenciais a países árabes, China, e outros; funerais do Papa João Paulo II (2005), eleições americanas de 2000 e 2004, eleições em Ruanda (2010), as Copas do Mundo da África do Sul (2010), Coréia-Japão (2002) e França (98) e a Olimpíada de Atenas 2004.

Eclético, mediou debates de candidatos a governador e prefeito; transmitiu missas e corridas de São Silvestre; cobriu o Fórum Social Mundial em Dakar, Senegal; narrou ao vivo audiências de CPIs e os atentados de 11 de Setembro em Washington. Foi âncora do Primeira Hora na Rádio Bandeirantes e apresentador-substituto do Pulo do Gato e do Jornal da Band.

Esteve em mais de 40 países e 20 estados brasileiros como enviado especial.

Eduardo é jornalista formado pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, de São Paulo. Fez cursos de rádio e telejornalismo na VOA e NPR, e estágios na CNN (Atlanta, 2005) e BBC (Londres, 2006), especializando-se em documentários e longas reportagens.

Veja mais detalhes sobre a carreira de Eduardo Castro no “Que Fim Levou”, do jornalista Milton Neves, e no site “Papo de Bola”, de Eduardo de Oliveira César.

No Planalto, entrevista com Lula. Ao lado de José Paulo de Andrade, José Carlos Carboni e José Maria Trindade. 2005.

Em Maputo, com uma pintura de Malangatana. 2010.

Muralha da China. 2008

Correspondente na Casa Branca, junto da correspondente. 2000

Luis Amaral, Pedro Kattah, EC, Renato Bittencourt, Edgard Jr, José Américo e Dias Leme. Serviço brasileiro da VOA, 2001.

Em 20 anos de jornalismo, rádio e TV, foram várias cidades, estados, países…

Trombando com as notícias, sempre contra a manada

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: