A Copa e o banheiro do papa

Faltam poucos dias pra Copa. E cada vez mais, me lembro do banheiro do papa.

“El Baño del Papa” é um filme uruguaio. Conta como a pequena Melo, na divisa com o Brasil, preparou-se intensamente para a fugaz passagem do Papa, em 1998. Todo mundo pensa num jeito de lucrar com a vinda do Papa – todo mundo. Vender comida, bebida, bandeirinhas de papel, souvenires. Até que Beto – contrabandista de profissão – acha que sua “window of opportunity” é fazer um banheiro na beira da estrada. Uma forma de encontrar o alívio entre uma oração e outra.

A cidade junta-se à frente da televisão e o repórter diz: “milhares de brasileiros a caminho de Melo pra missa”.

Chegaram uns quatro ou cinco ônibus.

É mais ou menos a sensação que tenho lendo revista, jornal, internet. Cá em Moçambique ou nos vizinhos. A Copa. A Copa. A Copa.

A caminho da terceira copa e com uma olimpíada no lombo, vi – talvez tenha visto mal, nunca descarto isso – que o que fica de um desses evento pro povo não são as estradas, trens ou estádios. Aliás, estádio novo sempre tem; trem e estrada, nem sempre. O grande ganho, mesmo, é na auto-estima. Principalmente se o país vai bem no evento.

Turismo? Claro, tem lucro – desde que não suba muito preço. Serviços? Ganha, mas nunca tanto quanto esperava. Empregos? É… tem, vai. Mas sempre acho que fica um pouco de gosto de cabo de guarda chuva na boca de um monte. “Síndrome do Banheiro do Papa”.

Não me refiro, obviamente, aos empreiteiros contratados, autoridades civis, militares e eclesiásticas, anunciantes oficiais, jornalistas/similares e organizadores do evento. Pra esses (eu incluído, pois) tem bem mais que banheiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s