A história, essa brincalhona

Estamos acostumados a ver ruas, avenidas e praças homenageando nossos presidentes – JK, Washington Luis, Dutra – nossos ditadores – Costa e Silva, Castelo Branco, Getúlio Vargas – ou nossos sempre amigos dos Estados Unidos – Presidente Kennedy, Presidente Wilson, Praça Roosevelt.

Pois em Maputo não tem Rua Fernando Collor, Emílio Garrastazu ou Bill Clinton. Mas tem Avenida Mao Tse Tung, Alameda King Jo-Ill e Praça Robert Mugabe.

Quando tornou-se independente, Moçambique mudou o nome da capital de Lourenço Marques para Maputo. E rebatizou praticamente todas as avenidas da cidade, tirando nomes portugueses e homenageando líderes socialistas, moçambicanos e africanos em geral.

Nossa casa fica na Avenida Mártires de Mueda. Procuramos saber quem eles eram logo que mudamos, em abril, mas tinha pouca coisa na internet. Pois chegou o dia dos Mártires de Mueda e minha mulher Sandra fez um post no Mosanblog sobre eles. Veja lá que interessante como a História é brincalhona.

Ajudou a me sentir mais perto de casa e matar as saudades.

Anúncios

Um comentário em “A história, essa brincalhona

  1. É. É brincalhona mesmo. Esses nomes foram dados às ruas ainda quando esses líderes eram pessoas decentes e não loucos embebidos de poder. Coincidentemente, a nossa rua em Bissau era a Eduardo Mondlane (nº 30) e cruzava a praça Che Guevara. E aprendíamos tudo sobre Lenine (que por uma razão que me escapa, nunca misturávamos com Stalin) e Mao Tse Tung. Outros tempos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s