Novidade? Absurdo.

Pela primeira vez desde sempre, Holanda ou Espanha será o campeão. A Europa vai ganhar uma Copa fora do continente. A seleção-sede não passou da primeira fase. E – pra mim o mais inusitado – a final da Copa do Mundo não vai ter Brasil, Itália, Argentina ou Alemanha.

Li coleguinhas dizendo que é “novidade”, “momento histórico”, e tal. Perdão, caros. Para mim não é “novidade”. É um absurdo.

“Então só os grandes podem ter vez, é?” Não. Qualquer um pode ter a sua vez. Os grandes é que não podem deixar a sua vaga escapar.

Brasil, Argentina, Itália e Alemanha moldaram o jogo de futebol como conhecemos. Sem eles, o futebol não seria o mesmo. Não teria ginga, criatividade ou graça. Não teria garra, emoção e categoria. Não teria líbero, e meio campo pegador. Não teria a mesma organização tática, força e disciplina.

Se todos eles fracassam, fracassa o jogo que aprendemos a admirar. Mudança radical, que não vi ser para melhor.

Só admito todos eles fora em caso extremo extremíssimo. Se a Holanda de 74 ocupasse o lugar. Ou a Espanha cheia de craques dos anos 50, que tinha até Di Stefano e Puskas.

Mas a Holanda de 2010 não é a Holanda de 74. E a Espanha de 2010 é a Espanha de sempre.

Fatos, que nem todos querem ver: os ditos craques claramente chegaram mortos, quebrados ou desinteressados no torneio. Não jogaram nada. Nas oitavas de final, erros crassos dos árbitros, contra México e Inglaterra, definiram classificados. Não houve uma única e escassa tentativa – sequer esboço – de inovação tática de ninguém.

Houve jogos emocionantes – claro. Mas emoção motivada pela ruindade, pelo erro. Casos da desclassificação de Gana e do Paraguai. Perder pênaltis no último minuto da prorrogação e dois no mesmo minuto, em fase decisiva de Copa, é imperdoável. Mas deixou os jogos bem mais emocionantes mesmo.

A Copa lembrou, de certa maneira, o Brasileirão do ano passado. Vários times tiveram chance e todas as condições de ganhar o campeonato, mas deixaram escapar. Ganhou o Flamengo porque, por acaso, estava em primeiro quando acabaram as rodadas. Estava claro que, se houvesse mais jogo, poderia dar outro time.

Como ninguém quis ganhar, Holanda e Espanha disputam o título no domingo. Finalmente, um desses contumazes fracassados em Copas do Mundo será o vencedor. O fortuíto campeão de uma Copa cheia de “novidades”.

Anúncios

11 comentários em “Novidade? Absurdo.

  1. Caro Edu,

    A Espanha não ‘precisou’ de juntar os 6 da melhor equipa do mundo; eles são Espanhois, certo? Treinador não deixa os melhores de fora, né?

    Porém concordo que o excesso de jogos vai acabar por matar o futebol, a este nível: uma coisa é certa, cada vez será mais dificil ver ‘veteranos’ a destacarem-se neste tipo de competições.

    Veja-se a Alemanha, e aquele garoto meio desconhecido, o Müller. 20 anos, cheio de força, faz a diferença, dado que em termos técnicos já não existe aquela diferença abissal entre os latinos e os restantes…

    Não confundi nacionalidade com opinião; o Brasil tem sempre das melhores selecções e a grande dificuldade é e será sempre escalar apenas 11 para entrar em campo, mais os 3 substitutos possíveis por partida.

    Agora, o importante é o Brasil começar a organizar a copa de 2014, e que, do fundo do coração, seja um verdadeiro sucesso, independentemente do vencedor.

    Abraço e que o material ‘subtraído’ não lhe faça (muita) falta…

    Curtir

  2. Caro Eduardo,

    Quando diz que os craques chegaram estoirados, veja bem:

    Espanha: 6 titulares do Barça, que jogaram quase todas as partidas da época (até às meias da champions), logo, argumento por terra… Além de o melhor clube do mundo, de sempre, numa época, a passada…

    Holanda: 1 campeão Europeu, mais um vencido na final, mais um do Liverpool (caiu nas meias da liga Europa…) mais uma serie de jogadores das melhores ligas Europeias, daqueles que vão até ao final das diversas ligas…

    Agora os factos: até aos quartos de final, o Brasil era a 27ª (de 32) que …menos corria em campo.

    Argentina: fabulosos a atacar, péssimos a defender (salvava-se o Heinze…).

    Itália: o melhor jogador do mundial passado, agora com 36 anos; o melhor jogador realmente da equipa, falha-me o nome, com 32 (aquela meia que entrou 2 vezes em campo), que animou um pouco a equipe). Jogadores de medio plano, quase todos de equipes secundárias.

    E quem alguma vez disse que a Itália joga um futebol bonito? só se nos lembrar-mos daqueles 2-0 de 1982, contra aquela equipe que todos diziam ser a melhor de sempre do Brasil…

    Espanha: campeões Europeus por equipes (2009), campeões Europeus por seleções, que mais pedir?

    Se juntarmos Casillas (talvez, a par de Julio Cesar, o melhor Keeper do mundo), Sergio Ramos e Villa, equipa secundária?

    Caramba, um pouquinho de calma (e modéstia…) só fica bem.

    O resto (Uruguai) é a tradicional surpresa em todos os torneios;

    Vá lá, o próximo é na sua pátria, provavelmente vai correr melhor…

    Curtir

    1. Prezado, obrigado por comentar. Cada um de nós tem direito à sua opiniào, certo?

      Pra mim foi uma copa fraca, que ganhou quem soube aproveitar o espaço deixado pelos melhores. Mérito da Espanha? Sim, claro, mas somado à extrema incompetência de quem era melhor que ela.
      Futebol é assim – nem sempre é justo, nem sempre ganha o melhor – e às vezes, nem tem melhor – só tem menos pior. E alguém sempre vai ganhar.

      Não confundo minha nacionalidade com minha análise. O Brasil fez exatamente o que eu esperava dele – surpresa seria se fosse melhor. Mas esperava muito mais da Inglaterra, um pouco mais da Argentina, mais maturidade da Alemanha, sem falar em Itália e França. E esperava que os juízes errassem menos e que pelo menos um dos grandes craques jogasse bola.

      Mas o calendário está acabando com a Copa – aliás, como você mesmo comprova. Afinal, a seleção campeã do mundo – que, repito, não tem nada de especial, senão a competência em aproveitar o espaço aberto – precisou de juntar seis jogadores da melhor equipe do mundo para, apenas, manter-se viva.

      Parabéns pra ela.

      Curtir

  3. falou pouco, mas falou tudo. holanda ou espanha, qquer um que ganhar esta copa será gde candidato a se juntar a frança e itália no grupo “ganhou uma copa e nem passou da primeira fase na copa seguinte”.

    Curtir

    1. Bom, temos 4 anos para saber isso, não é? Fica o desafio para o Eduardo manter este blog pelo menos até a próxima copa para ver. Eu penso que tanto a Holanda como a Espanha passarão de novo. Vamos apostar um jantar entre leitoresdoelefantenews? 😉
      Abraços

      Curtir

  4. Bom, vou semear confusão! 😀
    Eduardo, eu discordo veementemente! Essa conversa que copa é dos suspeitos de costume é conversa de imperialista. Neste caso de imperialista do futebol, dos reis derrubados que agora se mostram péssimos perdedores. É tão ridículo como os títulos dos jornalecos portugueses (mesmo os mais conceituados) que diziam, depois de Portugal perder na final do Euro2004 contra a Grécia, que tinha sido “o triunfo do futebol parasita”. Eu senti-me envergonhado com essas reações na altura, como me sinto hoje quando ouço o meu irmão (agora profundamente brasileiro) ter o mesmo tipo de discurso. Esses times ganharam TODOS os seus jogos até agora, coisa que nós não soubemos fazer. E a Espanha tem ganhado tudo o que há para ganhar nos últimos anos. A competição é assim simples e cruel. Como todos os times em campo, tivemos 90 minutos para fazer jus à fama. Não conseguimos. Perdemos porque eles foram/são melhores. Custa assim tanto reconhecer isso? 😉 Grande abraço! Y viva España!!
    PS1: Viste que o nós pode ser Brasil como Portugal, não é? 🙂

    Curtir

    1. David, não é soberba – é decepção. Acho péssimo mesmo que os bons joguem mal. Mérito da Espanha e da Holanda? Sim, claro. Mas muito mais demérito dos outros. Abs!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s