Morreu Lourival Pacheco

Fiquei sabendo hoje. Ele tinha 75 anos.

Lourival foi locutor do Primeira Hora, da Rádio Bandeirantes, por 40 anos. Por um ano e meio dos meus 13 na casa, convivi diarimente com ele quando ancorei o jornal, ao lado de Julio César Arêdes e Walker Blaz, entre 1999 e 2000.

Era uma alegria diária. Cada vez que engasgava, por menor que fosse o erro, mandava lá o seu famoso e italianado “Maxxxx, porrrrra!”

Lourival era a personificação do Repórter Bandeirantes. Lia textos sérios com força, mas era imbatível nas crônicas. Nunca ouvi alguém melhor para dar molejo, graça e vida às palavras escritas.

Vozeirão potente, sempre tinha uma história boa pra contar. Rachava de rir quando lembrava de um comercial de uma rádio argentina, de um comprimido para combater prisão de ventre, que terminava dizendo “Pílula Tal (não lembro mais o nome): chiquitita. Pero… cumplidora!!!

No dia que estreei na TV, ele foi direto: “Tá bom, mas quando você muda de câmera fica meio Rodolfo Valentino”. Tratei de melhorar e controlar as sobrancelhas…

Remanescente do “Templo da Voz” – como era chamada a Bandeirantes da década de 60 – é protagonista da história talvez mais conhecida sobre o radiojornalismo. De tão marcante, ganhou versões fantasiosas – e, claro, mais trágicas e engraçadas que a original.

Reconto aqui, tal qual relatada por ele, numa das tantas vezes que alegremente conversávamos no estúdio.

Todo mundo sabia que era questão de dias para morrer o Papa João XXIII (já ouvi falarem de Pio XII, Leão XII…).

Adiantando o serviço, a redação gravou num disco de acetato o necrológio do Papa (se faz isso corriqueiramente, até hoje, nas rádios e TVs. O cavalheiro ou a madame dá pinta de que vai desta para a próxima e a turma já deixa tudo pronto).

Era só esperar pelo desenlace.

Num certo dia em que Lourival estava lá de plantão, toca o sininho do teletipo e sobe o texto: “ROMA (ANSA) – Morre Papa João XXIII”.

Correria habitual na redação. Simbora dar, simbora… entra a vinheta de notícia extradordinária e roda o acetato com a vida e obra do Sumo Pontífice.

Com o disco tocando no ar, eis que toca o sininho de novo… “tlim, tlim, tlim”… e sobe novo texto: ROMA (ANSA) – Infelizmente nota anterior equivocada. Papa João XXIII segue internado, e tal…”

A correira foi maior ainda. Arrancam aquele teletipo da máquina e atiram na mão do Lourival: “Corrige aí, corrige…” Ele segura a orelha (como todo locutor de rádio que se preze, pra ouvir a própria voz) e lê o começo do teletipo: “Infelizmente…. erg, hummm,… informamos que o Papa não morreu.”

Pronto, estava feita a lambança. Tem versão que diz que foi o locutor do estádio do Maracanã que fez isso. Mas não foi. Infelizmente… foi o Lourival mesmo.

Ele ficava emocionado toda vez que contava a história, como que precisasse se desculpar ou se explicar.

Não precisa não, Lourival. Você já estava na história do rádio antes disso acontecer, e os 40 anos que vieram depois deram ainda mais razões para você ter seu nome escrito nela com letras douradas.

Douradas como um presente que ele mesmo me deu.

Quando eu e Sandra casamos, em 1999, Lourival estava muito triste, porque a esposa dele havia acabado de falecer.

No dia em que voltei a trabalhar, ele me entregou uma caixa embrulhada em papel verde (ambos somos palmeirenses). Dentro estavam as taças de champanhe com bordas douradas, que ele ganhou no casamento dele, 50 anos antes.

Guardo – e uso – com todo carinho. O mesmo que senti dele quando me deu o presente.

Como também guardo com carinho, emocionado, a lembrança de ouví-lo todos os dias, extatamente às 7:59, quando ele encerrava o Primeira Hora com sua linda voz, sempre do mesmo jeito, sempre com o mesmo entusiasmo, com um firme e alegre (como ele sempre foi) “boooommmmm diiiia, Brasillllll”.

Maxxx, porrra! E viva o Palestra, Lorivas. Muita saudade de você.

Anúncios

2 comentários em “Morreu Lourival Pacheco

  1. Ah eu vi essa notícia, mas não sabia que era seu amigo! Que pena!
    É sempre triste perder um amigo…
    Grande abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s