Ilha do amor. Mas não só

Também fiz uma versão para a TV Brasil, mas que não foi colocada no site ainda. Se não entra lá, não consigo trazer pra cá.

Funciona assim: tudo o que gravo aqui é mandado para o Brasil via transferência de arquivo (FTP), pela (caríssima) internet. Cada arquivo é um grupo de imagens, que depois são editadas em Brasília.

Logo, só vejo o produto final na internet (ou na TV Brasil Internacional que, por causa do fuso horário, exibe o jornal muito tarde).

Espero que, quem viu, tenha entendido bem a história.

Senão, sempre tem a agência pra ajudar….

18/11/2010
Presidente de Madagascar diz que não vai entregar o cargo a militares

Eduardo Castro
Correspondente da EBC na África

Maputo – O presidente de Madagascar, Andry Rajoelina, afirmou que não vai renunciar ou entregar o cargo aos, segundo ele, “20 militares dissidentes” que tentaram tomar o poder ontem (17). O presidente disse não ter medo de ameaças e que jamais deixou de ter o controle sobre as Forças Armadas ou o governo.

Durante a votação, o coronel Charles Andrianasoavina disse aos jornalistas que um grupo de militares teria derrubado o presidente. Mas a calma se manteve nas ruas e a votação prosseguiu normalmente. À noite, o primeiro ministro Camille Vital foi à TV com vários oficiais para denunciar o que chamou de motim. Segundo ele, o governo funciona normalmente.

A polícia entrou em choque com manifestantes e usou bombas de gás para dispersar um protesto que fechou as ruas próximas ao local onde estão os militares amotinados. Um dia depois, as ruas de Antananarivo estavam calmas, sem qualquer sinal de anormalidade.

Os três principais partidos de oposição de Madagascar boicotaram a votação desta quarta-feira. A nova constituição não impõe limite aos mandatos presidenciais e reduz a idade mínima para ser presidente de 40 para 35 anos. Andry Rajoelina, o atual presidente, tem 36.

Ele próprio chegou ao poder em um golpe de Estado, em março do ano passado. A União Africana não reconheceu o governo dele e vários doadores internacionais suspenderam o envio de auxílio.

Edição: Talita Cavalcante

Anúncios

Um comentário em “Ilha do amor. Mas não só

  1. Impressionante que todas as votações por aí são marcadas por algum tipo de contratempo hein?
    Ah que pena: eu não vi a versão da TV Brasil 😦
    O jeito é esperar você avisar por aqui!
    Que interessante sua explicação sobre o produto final do seu trabalho: nunca imaginei que fosse editado aqui! Quanta trabalheira….. Isso ainda valoriza mais o que você faz. Parabéns de novo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s