TV Brasil/EBC: obrigado e até breve.

Prezados,

Em 2007, deixei a Bandeirantes – depois de 13 anos – para saltar na criação da TV Brasil e o fortalecimento da comunicação pública no país. Ouvi que era um absurdo trocar certo pelo duvidoso, e outras recomendações de cuidado – além de palavras de puro espanto. Também ouvi insinuações – afirmações até – de que tinha arrumado uma “boquinha”.

Aprendi como nunca, apanhei como nunca, mas não me arrependo. Trabalhei o mesmo de sempre, ganhei um pouco menos (melhor que alguns e pior que muitos), mas me senti realizando algo importante, participando de algo que faz diferença.

Quatro anos depois, sinto isso de novo – e, já sei, vou ouvir muito outra vez. Saio da EBC e fico aqui na África para ajudar a construir a comunicação no continente do futuro. Irei trabalhar na televisão aqui de Moçambique, um país que é mais novo que eu. Pouca coisa poderia, neste momento, ser mais estimulante.

Na EBC, valeu cada minuto. Vi o Estado por dentro, desfiz meus próprios mitos e preconceitos. Vi gente séria, que luta com e contra os burocratas; burocratas sérios, que lutam contra regras que partem do preceito de que todo mundo é ladrão. Vi que sempre falta dinheiro – sim, no Estado brasileiro falta dinheiro, e não sobra, como muitos querem que você pense.

Mas também vi gente picareta e vagabunda, que acha que não precisa trabalhar porque passou em concurso ou é amigo de alguém; gente que, se ganha um pouquinho de poder, estufa o peito, engrossa a voz e só faz bobagem. Gente que quer servir-se do Estado, e não o contrário. Conheci regras que, pretensamente, serviriam para preservar o dinheiro público, mas só criam mais gastos, acomodam as pessoas e atrasam o país. Lutei contra eles; acho que nos livramos de alguns e algumas.

Fui alvo e vítima de maledicência, incompreensão e inveja – muito gerada por informações truncadas, erradas ou simplesmente falsas. Parte da vida: quem sai na chuva se queima mesmo, diria Vicente Mateus. Quem me conhece, conhece. Já quem me mede pela sua própria régua tem poucas chances de acertar o tamanho.

Também conheci melhor o mundo dos que tentam se comunicar e não têm um espaço para se manifestar. Nunca tinha sentido isso tão de perto. A tal liberdaaaade é para poucos e, se depender de vários destes poucos, será para cada vez menos. Espero ter ajudado a melhorar esse quadro. Levo o que aprendi comigo, para onde for trabalhar a partir de agora.

Na EBC, deixo amigos e alguma coisa feita – lá e cá. Tenho orgulho de ter participado da criação da empresa desde o zero. Vi por dentro como tramitam as leis, como é o funcionamento da máquina pública. Vi como a imprensa se informa mal e chuta miseravelmente a partir do pouco que se digna a (ou consegue, porque há os que realmente tentam) apurar.

Não deu pra fazer tudo – longe disso. E fiz besteira também. As que detectei, tentei consertar. Algumas deixei para trás sem notar. Consertem, por favor.

Aqui, na África, fiz mais de 300 reportagens para a Agência, e mais de 100 para a TV, participações diárias e ao vivo para as rádios. Fui a 9 países, mas falei de dezenas de vários outros, com ajuda das agências, telefone, Skype e assemelhados. Cobri Copa do Mundo (a terceira), viagem presidencial, revolta popular – aqui e no norte do continente (com queda de dois ditadores inclusive), Fórum Social Mundial, e até a criação de um novo país -o Sudão do Sul.

Sem falar no dia a dia, que inclui fome, saúde precária, pobreza extrema. Mas também crescimento, melhora de quadro e busca por soluções. Aqui, em Moçambique, se estuda a sério a vacina anti-malária. Está mais perto do que qualquer outro lugar. Contar isso foi uma grande satisfação.

A África deixou de só sobreviver dia a dia; começa a poder pensar no futuro. Claro que ainda não é para todos. Mas está começando. Só ver isso de perto já estava interessante. Participar disso, minimamente que seja, será gratificante.

Nos vemos aí. Ou por aqui. Ou, certamente, por aí.

Anúncios

44 comentários em “TV Brasil/EBC: obrigado e até breve.

  1. Edu,

    Admiro a ousadia de enfrentar desafios de peito aberto. Adoro me lançar e sentir a adrenalina do novo ! Sorte, fé , saúde e a parceria da tua mulher que é fundamental !

    neise

    Curtir

  2. Boa sorte, Eduardo!
    Por um lado é uma pena, pois já estávamos acostumados com seu trabalho primeiro na Band, depois na TV Brasil (Brasília) e, por último na TV Brasil (Moçambique).
    Mas o que tem de ser é.
    Torço muito por essa Nova África. Siga em frente na empreitada. Vai manter o Blog e os perfis (FB e TT), né?
    Grande abraço, sucesso e felicidades ao lado de sua família.
    Silas

    Curtir

    1. Obrigado, Silas – sempre retuitando as matérias e ajudando a TV Brasil e ficar mais conhecida.

      Siga com a TV Brasil; ela merece e precisa do apoio de quem acredita numa comunicação diferente.

      E siga conosco aqui também, porque o ElefanteNews vai seguir trombando por ai.

      Abs e muito obrigado.

      Curtir

  3. Edu, ou diria meu pai, toda sorte desse mundo na nova empreitada. Você nasceu para desafiar e desbravar o mundo em busca de mais justiça e igualdade. E sei que você, assim como eu, acredita que o jornalismo pode ser um meio, mesmo que pequeno, para cooperar com isso. Obrigada por ter me dado a honra de conviver com você e de aprender muito sobre o que é ser jornalista.
    E que te sirva de lição sempre “Não te deixes destruir…
    Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas.
    Recria tua vida, sempre, sempre.
    Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
    Faz de tua vida mesquinha um poema.
    E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir.” Cora Coralina.

    Sorte sempre!!!! E ainda mais sucesso. Você merece.

    Beijo em você e na Sandra. E com certeza vou aí visitar vocês.

    Curtir

  4. Sucesso para o seu novo projecto. Moçambique merece pessoas como você. Não nos deixe muito tempo sem notícias.
    Um abraço.

    Curtir

  5. Eduardo!
    Acabei de chegar de viagem e aqui estou conferindo a novidade! Quando você disse que outras mudanças viriam, fiquei tentando imaginar o que estaria para acontecer. Sandra e eu costumamos nos chamarmos de gêmeas, mas parece que está pintando uma irmandade em trio rss. INCRÍVEL, mas pensei nessa possibilidade: será que o Eduardo vai sair da EBC???!!! Olha só… Mas quando imaginei isso foi exatamente por julgá-lo a procura de novos desafios. Muito próprio de quem teve CORAGEM para aceitar esta “boquinha” que muitos não teriam, se tivessem tido a oportunidade do convite. Tenho dito muito, aqui no ElefanteNews, do meu orgulho pela cooperação entre Brasil-África, pela transferência de conhecimentos em muitos projetos. Claro que com o profissionalismo e competência com que você fez todos esses trabalhos mencionados no post — (eu acompanhei um a um e sempre fiquei mega orgulhosa do nosso correspondente) — você não passaria incólume: alguém iria querer essa transferência de conhecimento também para a Televisão Moçambicana. Taí mais uma cooperação do Brasil com a África: eles fizeram uma excelente aquisição! Muitos dos comentários aqui ratificam o que estou escrevendo, mas quero te desejar o DOBRO do que seus pais e a Sandra estão te desejando, porque certamente não é pouca coisa! Lembre-se que você é responsável por nos ter viciado no ElefanteNews e não nos deixe mais órfãos do que estamos ficando, tá? Muito sucesso e sorte nos novos desafios e que Deus te proteja sempre! Ah, simplesmente MAGNÍFICO seu texto! Grande abraço.

    Curtir

  6. Oi Edu,
    Te admiro muito pela coragem de enfrentar mais este desafio. Também pela determinação, talento e, sobretudo, por ter um espírito forte. Sempre te compreendi. Um cara íntegro, transparente e extremamente preocupado com o social. Uma preocupação verdadeira, não só de falácia.
    Parabéns e boa sorte pra você e Sandra.

    Curtir

  7. Edu,

    Parabéns e boa sorte na sua nova empreitada! Não esqueça de nos contar as novidades por aqui.

    E só para não esquecer o Edu que conheci, toda vez que ouço um chavão me lembro de você gritando…kkkk

    Beijos

    Curtir

  8. vai sair sem nem dar uma entrevista denunciando os desmandos da tv lula? puxa vida. enfim, só me resta deixar as chacotas de lado e te desejar parabéns hoje, felicidades sempre. o único problema desses planos seus e da sandra é que vcs vão ficando cada vez mais longe. resta o consolo de saber que vcs estão bem aí. vê se continua dando notícias.

    Curtir

    1. Pena que vc não está mais no TV Folha!
      Seríamos capa do próximo domingo!

      A vida é boa conosco: nos mostrou que o mundo é maior que a Grande São Paulo. Vamos aproveitar: venha ver os elefantes…

      Abs

      Curtir

  9. Meu caro, tenho certeza de que sua experiência será inesquecível e engrandecedora, além de colocá-lo em um outro patamar profissional. Torço para dê tudo certo nessa nova empreitada, e espero poder ganhá-lo no kart da próxima vez que voltar ao Brasil.

    Grande abraço,

    Deco Bancillon

    Curtir

  10. Parabéns pelo ótimo trabalho na EBC. Acompanhei ‘apenas’ esse final de 2010 e começo de 2011, mas o material produzido aí da África foi realmente único. Trabalhar aí neste continente ainda é um sonho meu; espero poder sentir, através daqui do blog, como é um pouco desta experiência. Boa sorte nesta nova empreitada.
    O blog continua, certo?
    Abraço.

    Curtir

    1. Sim, prezado, o Elefante segue suas andanças. Claro que vai sofrer alguma adaptação, porque não vou mais produzir conteúdo todos os dias. Mas tem sido prazeroso e tem montado um mosaico interessante da África. Seguirá, espero. Abs e obrigado.

      Curtir

  11. Por um lado é triste ver a TV Brasil perder uma pessoa com tanto comprometimento e competência, por outro é bom saber que a TV de Moçambique poderá contar com tudo isso. Boa sorte e bom trabalho!

    Curtir

  12. Marido,

    estamos juntos em mais uma empreitada!

    Tenho muito orgulho de tudo que fez até agora e a certeza de que de que terei orgulho dos novos passos também.

    Te amo muito.

    Sanflosi.

    Curtir

  13. Edu,

    Neste momento, tenho um misto de admiração e inveja (boa!). A coragem é uma das virtudes que eu mais admiro e a percebo sobrando em você. O que eu invejo é você estar tendo a oportunidade de conhecer mais deste vasto mundo na única vida que temos e que é curta! Parabéns por mais este salto! Desejo a você, de coração, um sucesso além do que você planeja. Que os seus dias não deixem de ser árduos, mas que sempre terminem com a sensação do dever cumprido. Ela nos dá um sono sensacional! Continuarei acompanhando seus ótimos textos neste canal.

    Beijo grande e carinho maior,

    Glauce

    Curtir

  14. Mas o ElefanteNews continua, não é?
    Eduardo, parabéns pela coragem e dedicação, tanto tua como da tua querida esposa. Por mais que a gente não tenha convivido tanto aqui no Brasil, vocês são exímios exemplos do tipo de ser humano de que o planeta precisa mais. Contem sempre com o meu apoio no que puder!
    Grande abraço!

    Curtir

  15. Edu, me surpreenderia se você não aceitasse o desafio. Essa será a tarefa mais importante da sua carreira, até que surja uma próxima. Carreira, aliás, mais emocionante do que as de muitos coleguinhas arrojados na boataria e no sensacionalismo infame. Afinal, cobrir 11/09 da esquina de casa não é para qualquer um. Tenho certeza que você tem muito o que fazer aí em África, o continente mais explorado deste mundinho traíra até hoje.
    Sucesso, muito sucesso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s